quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Tributo ao Rei

Embora tenha frescado com a cara da Amanda dizendo que ela “lova” tudo, eu também “lovo” uma ruma de gente e uma ruma de coisas. Dentre essa gente e essas coisas, “lovo” o Rei Roberto Carlos, suas canções e estilo brega-apaixonado-romântico, “lovo” o Acervo Imaginário, bar cultural-descolado, onde já caí uma vez e, por último, mas jamais menos importante, “lovo” também minha amiga Carol, amiga baterista-beleza.  
Amanhã a Carol, juntamente com a banda Divã, fará um “Tributo ao Rei” no Acervo.
Certamente será uma festa divertida com pessoas belezas.
Sendo assim, fica o convite (de-tes-to #ficaadica) para os visitantes desse blog, que tem o nome de samba, mas que também curte o estilo brega-apaixonado-româncitco-dor de cotovelo.
Já estou com to-das as músicas na ponta da minha malhada língua, há uns 15 anos.
Beijos,
Laris!
“começo, meio e fim... e a minha cuca ruim”

TRIBUTO A ROBERTO CARLOS

25/02 SEXTA-FEIRA
LOCAL: ACERVO IMAGINÁRIO
22H

COM A BANDA DIVÃ:

CAROLINA MAIA - Bateria (Et Circenses)
DANIEL COBAIA - Guitarra/Voz (Diamante Cor de Rosa)
GABRIEL LIMA - Teclados (Nômades)
MARCO SOLDON - Baixo (The Singles)
NAPOLEÃO CALDAS - Guitarra/Voz (Nômades)

Discotecagem: Dj Marquinhos.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

I LOVE MANUAL DO EXECUTIVO INGÊNUO

A Larissa me disse que eu "lovo tudo". rsrsrsrs Ainda bem que eu "lovo tudo", imagina se fosse o contrário ou que nada tivesse graça pra mim, eu provavelmente perderia de ver a beleza de algumas coisas da vida. ;-) Acontece que algumas coisas eu amo mais que as outras e no mundo dos blogs, mais uma vez, compartilho com vocês um texto do meu amado Manual do Executivo Ingênuo. Em homenagem a Larissa mais uma vez eu digo:
I LOVE MANUAL DO EXECUTIVO INGÊNUO!!

Segue o texto:

Por quantas moedas você venderia a sua alma?

"Você só conhece de verdade a pessoa quando há dinheiro em disputa sobre a mesa. Ouvi isso duas vezes. De pessoas diferentes. Com a mesma intenção: insinuar desonestidade e traição no comportamento do outro diante de uma possibilidade de ganho financeiro. O interessante é que disseram isso uma em relação a outra. Então deve ser verdade. Deve ser um traço universal da nossa espécie. Uma das tantas verdades que definem o ser humano e que são duras de admitir – porque, se definem o humano, meu amigo e minha amiga ingênuos, acabam definindo a mim e a você também, forçosamente.
Machado de Assis era um mestre (ou melhor: é. Sua obra é imortal) em identificar e escancarar, com ironia perfurante, essa grande mesquinhez que habita a alma de quase todos nós. E que se acentuaria na medida dos ganhos e da locupletação colocados sobre a mesa. Tem um conto exemplar do Machado em que um sujeito se sente impelido a dar uma gorjeta a outro por um serviço bem prestado. À medida que vão se aproximando, na rua, o sujeito vai revendo seu ímpeto generoso. Pensa que o outro ficaria feliz com menos, que não precisaria dar tanto, que muitíssimo menos já resolveria, e assim vai arregimentando uma série de atenuantes. Vai de tal forma tratando de minguar intimamente a ideia da gorjeta que, ao se cruzarem, ela já virou nada, coisa nenhuma. Acho que o sujeito sequer cumprimenta o outro. No mais das vezes, nós somos assim. Pequenos. Vis. Egoístas. Matamos a generosidade e a gratidão em nós como se elas fossem doenças que, se não tratadas, nos levariam à morte por miséria e por escárnio. (E no mundo em que vivemos talvez esse medo não seja totalmente absurdo.) O desapego e a entrega e a correção e a justeza são traços absolutamente raros de caráter. Virtudes cada vez menos frequentes e portanto, a meu ver, cada vez mais valiosas, fundamentais, necessárias. Coisa para poucos, pouquíssimos.
É realmente triste contemplar o ser humano sob esse prisma. Inclusive porque essa visão é cristalina: é assim mesmo que as coisas são. Você abre uma empresa e na hora de escapar dos ônus ou de dividir os bônus é um deus nos acuda, ou um toma que o filho é teu ou um pega para capar. (Três clichês para deixar bem claro o que quero dizer.) Sabe o seu irmão querido, com quem você tem tanto em comum? Pode virar um ogro na hora da partilha da herança que vocês tem em comum. Ou pior: o ogro pode ser você. Sabe sua filha, por quem você daria sua vida? Talvez vá ter vergonha de você e não vá querer vê-lo mais assim que você envelhecer. Sabe sua mulher, com quem você tem conta conjunta e com quem você partilha todas as suas conquistas materiais e sua vida financeira? Ahahahah. É isso o que tenho a lhe dizer: ahahahah.
A essas todas, tento pensar como um Jedi: primeiro, é preciso resistir ao Lado Sombrio da Força. A cafajestice generalizadã não pode fazê-lo virar mais um Lord Sith a empestear o universo. Segundo, é preciso sempre lançar mão do Sabre de Luz para defender o que é bom e justo. A começar, pelo que é bom e justo dentro de você."


Beijos.

Amanda Klein

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Dicas de moda para homens

O meu “cumpadi” Germaninho, o meu amiiiiiigooo e marido da minha amiga Nathalia, já me pediu algumas vezes um post masculino. Eu já pensei várias vezes no que seria um “post masculino” e nunca cheguei em lugar nenhum, mas na sexta quando eu estava no Luxo D´Aldeia em pleno carnaval do Benfica comecei a observar os homens e pensar: “Vou escrever sobre o que um homem não deve usar.” 

Esse pensamento surgiu no momento que uma amiga das meninas ficou com um cara e alguém soltou – “A “fulaninha” pegou o garotão”. Quando eu olhei o “garotão”...........pelas caridades sagradas...nem sofrendo ameaça de morte eu pegava! Deusulivre!!!!

Vamos lá...

O garotão era realmente "garotão". Alto, devia ter 1,90m, moreno, sarado, de barba. Até aí todo mundo imagina um gato, né? Mas, 3 coisas acabaram com o cara na minha humilde opinião (além da atitude bobona e o jeito mongol que eu achei que ele tinha. Aquele estilo de cara que se acha o gostosão):

1°) O cara estava de camiseta colada branca, aquelas de malha canelada, saca? Para quem não sabe, as camisetas de malha canelada são aquelas camisetas que nós mulheres compramos na Hering, basiquinhas que toda mulher tem.

2°) Barba no estilo George Michael. Bem feitinha no estilo gay!! OBS: Absolutamente nada contra os gays, tenho amigos gays que adoro, respeito e etc....mas se você quer pegar mulher, esse não é o caminho.

3°) Pulseira de prata. Acho que ele pegou um cordão de prata e deu várias voltas no pulso. Se você caro amigo homem, não é sambista ou bicheiro, por favor não use pulseira de prata ou de ouro. Isso é brega!! Usar aquelas pulseiras tipo bracelete de ouro é brega, nem sambista, nem bicheiro podem usar. E aquelas pulseiras de prata que tem a primeira letra do seu nome dourada ou pra piorar a situação você coloca o seu nome ou a palavra “Amor”, “Paz”....é inaceitável!!!

Fora esses quesitos que o cidadão mencionado acima usava, vou listar mais algumas coisas que você caro amigo homem, não deve usar.

-          Blusa da Tommy no estilo garoto propaganda ou no estilo eu sou uma caixa de lápis de cor. Essas camisas são aquelas que tem o nome Tommy Hilfiger estampado em letras gigantes no meio da blusa, a manga é de uma cor, a gola de outra, do meio da camisa pra cima é uma cor, do meio da camisa pra baixo é outra. Isso é um terror!!!! (Citei a Tommy pq são as mais comuns, mas vale para todas as marcas).

-          Cordão de couro. Se você não for hippie, surfista ou alternativo, não pode. Se você se enquadrar nas classes acima citadas e adquirir aquele cordão de couro artesanal que você comprou do cara da feirinha, beleza, mas se você gosta daquele cordão de couro que vende na Vivara, reprima esse seu desejo, irmão!! Ao invés de comprar essa “jóia” pra você, vá lá e compre uma jóia pra sua mulher, mãe, irmã, avó...

-          Anéis! Volto a citar classes. Se você for sambista ou bicheiro, tudo bem. Agora se você é ADVOGADO e quer usar aquele anel de ouro com aquela pedra vermelha, por favor não fale comigo. Kkkkkkkkk

-          Base nas unhas. Isso é muito brega!! E se o cara ainda tiver a unha grandinha é o fim! Eu lembro que uma amiga estava sofrendo por um carinha que não valia muita coisa, era meio sem futuro, galinha e mentiroso. Eu sem entender muito o sofrimento dela disse: “Mulher, ele é tudo isso e ainda usa base!!!!!! Cai fora!!!” kkkkkkkk

-          Boné. Favor usar só na praia, piscina ou ambientes equivalentes. Não vá pra balada com ele!!

-          Acho desnecessário dizer que é ridículo calças coladas e coloridas como se você fosse parte da banda RESTART. A única mulher que eu conheço com mais de 25 anos e que gosta disso é a Ju. Eu ainda tenho minhas dúvidas se ela é normal, por isso não vamos levar em conta a opinião dela. Os cabelos do gênero RESTART também entram nesse bolo.

-          Gola V. Eu acho que a golinha V tem seu charme, mas quando usada com moderação. Se você é homem e usa aquela gola V que vai quase no seu umbigo tenha cuidado, você pode ser confundido com um gay. Não é legal se você gosta de mulher!

-          Cabelo. Nada de mechas ou alisamentos, isso é coisa de mulher. Lembre-se que você é homem!

Enfim, para você caro amigo homem, lembre-se sempre que menos é mais. Homem é básico!!! Nada de coisas fashion demais, você pode e deve inovar, mas com calma e leveza. Não vire o Ken (marido da Barbie) pq mulher gosta de homem com cara de homem, e não com cara de almofadinha ou parecendo uma vitrine da Tommy ou da Armani! Fala sério! 

OBS 2: Vale ressaltar que o que vale mesmo é a beleza interior. =) Mas, tipo assim, se a parte externa também estiver nos “trinkins” a gente agradece!

Beijos.
Amanda Klein

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Receitinha com pimenta!

Olá companheiros e companheiras...kkkkkk

Quem me conhece sabe que eu sou uma "quase vegetariana"...quase, porque continuo comendo peixes e frutos do mar! Mas já faz 3 anos e meio que não coloco na minha boca nada que ande nem que voe...então, como diz nossa amiga Rapha: A Rully é herbívora...kkkkkkk

Ontem conversando com a Larissa (que amaaa pimenta) eu disse que ia passar para ela umas receitas vegetarianas (que pela tendência indiana, são BEM condimentadas), daí a Amanda me obrigou deu a dica de colocar no blog!

É interessante falar da culinária vegetariana, pois ainda existe muita desinformação... O que mais escuto por ai é: Tu só come salada? NÃO. O que é que tu come então?...E pelo visto não sou só eu que escuto isso. Uma colega minha do yôga quando se tornou vegetariana começou a postar fotos no facebook de tudo o que ela ia comer (era de dar água na boca) para os amigos dela verem a variedade de comidas vegetarianas que existe.

Para mim é a culinária mais saborosa que existe, gente... Tem tanto prato delicioso! Outra colega minha define assim: É saborosa, condimentada, aromática, estética, refinada e sem bicho morto...

Enfim, o prato que eu falava para a Larissa era o Strogonoff derose, que modéstia a parte, eu me garanto fazendo! kkkkk.....ele é facílimo de fazer(quem me conhece sabe que eu sou um zero à esquerda na cozinha), não fica enjoento por ter muito queijo, e nem é apimentado que você só sente a pimenta...todos os carnívoros que provaram amam! Meu namorado e minha sogra adoram! hehehee

RECEITA:

 INGREDIENTES:
- Cebolas
- Palmito macio
- Champignon
- Queijo mozzarella, provolone e um terceiro da sua escolha
- Molho de tomate
- Creme de leite ou tahine ou taratur
- Orégano
- Cardamomo em pó
- Noz moscada
- Molho de pimenta verde ou vermelha.
Quantidades a gosto. Se faltar um destes ingredientes, não se aflija. Substitua-o de acordo com o seu paladar e intuição.

MODO DE PREPARAR:
Corte as cebolas em rodelas e ponha para fritar sem acrescentar nenhum tipo de óleo. Vá mexendo sempre para que não queime, mas deixe dourar bem. Introduza o molho de tomate. Depois acrescente um pouco de água, os champignons cortados ao meio e o palmito picado. Que tal um pouco mais de água? *gente a quantidade de água é só um tiquinho mesmo, senão fica sopa derose!
Assim que ferver, baixe o fogo e adicione os queijos. Primeiro os queijos mais consistentes, que demoram mais para derreter; depois os mais brandos, como a mozzarella. Vá mexendo para não grudar. Quando os queijos estiverem derretidos, acrescente as especiarias: orégano, cardamomo, noz moscada e o molho de pimenta. Sal, nem pensar! Desligue o fogo. Sem demora, acrescente o creme de leite. A quantidade de creme de leite fica boa quando os queijos não fizerem mais "fiapos". Se preferir, no lugar do creme de leite coloque tahine.

P.S: Eu nunca encontrei cardamomo para vender em Fortaleza, e olha que eu procurei bastante...me falaram que tem na Delitália, mas no dia que fui não achei...de qualquer forma eu substitui o cardamomo por paprica picante e ficou ótimo! Ahhh, eu também quase nunca coloco creme de leite, não acho necessário pois o queijo já deixa bem cremoso!

Eu já comi essa receita tanto com arroz, como com batata (tipo sendo o recheio da batata) e ambas ficaram uma delícia..

Espero que gostem!


Essa foto é meio cafona, mas foi a que encontrei para exemplificar melhor...relevem! kkkk

Beijão

Rully

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Para mim mesma... Felicidade Realista

A princípio, bastaria ter saúde, dinheiro e amor, o que já é um pacote
louvável, mas nossos desejos são ainda mais complexos.

Não basta que a gente esteja sem febre: queremos, além de saúde, ser
magérrimos, sarados, irresistíveis.

Dinheiro? Não basta termos para pagar o aluguel, a comida e o cinema:
queremos a piscina olímpica e uma temporada num spa cinco estrelas.

E quanto ao amor? Ah, o amor.. não basta termos alguém com quem podemos
conversar, dividir uma pizza e fazer sexo de vez em quando. Isso é pensar
pequeno: queremos AMOR, todinho maiúsculo. Queremos estar visceralmente
apaixonados, queremos ser surpreendidos por declarações e presentes
inesperados, queremos jantar à luz de velas de segunda a domingo, queremos
sexo selvagem e diário, queremos ser felizes assim e não de outro jeito. É o
que dá ver tanta televisão.

Simplesmente esquecemos de tentar ser felizes de uma forma mais realista.

Ter um parceiro constante, pode ou não, ser sinônimo de felicidade. Você
pode ser feliz solteiro, feliz com uns romances ocasionais, feliz com um
parceiro, feliz sem nenhum. Não existe amor minúsculo, principalmente quando
se trata de amor-próprio.

Dinheiro é uma benção.
Quem tem, precisa aproveitá-lo, gastá-lo, usufruí-lo.
Não perder tempo juntando, juntando, juntando. Apenas o suficiente para se
sentir seguro, mas não aprisionado.
E se a gente tem pouco, é com este pouco que vai tentar segurar a onda,
buscando coisas que saiam de graça, como um pouco de humor, um pouco de fé e
um pouco de criatividade.

Ser feliz de uma forma realista é fazer o possível e aceitar o improvável.
Fazer exercícios sem almejar passarelas, trabalhar sem almejar o estrelato,
amar sem almejar o eterno.

Olhe para o relógio: hora de acordar.
É importante pensar-se ao extremo, buscar lá dentro o que nos mobiliza,
instiga e conduz mas sem exigir-se desumanamente. A vida não é um jogo onde
só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas
desta tal competitividade.

Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as
regras, demita-se.
Invente seu próprio jogo.

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça de que a
felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir
embora por não perceber sua simplicidade. Ela transmite paz e não
sentimentos fortes, que nos atormenta e provoca inquietude no nosso coração.
Isso pode ser alegria, paixão, entusiasmo, mas não felicidade...
(Martha Medeiros)
Larissa!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Noite de terça...

A Amanda, que deve achar a casa dela meio chata, veio “fazer trabalho” aqui na minha própria casa hoje. Quando eu já a estava expulsando, ela veio me contar uma história engraçada da família dela, para conseguir ficar alguns minutinhos a mais na minha adorável casa. Acontece que eu não estava conseguindo entender direito a história, então falei:
- Espera, vou colocar meus óculos.
Aí ela:
- Pra que?
- Porque eu não escuto direito sem óculos.
Ela teve uma crise de riso.
Vai entender esse povo do riso frouxo.
Boa noite,
Larissa!

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Melancolia

Dia de chuva desregrada, tosse de cachorro louco, vontade de fumar, não é pra fumar por causa da tosse, coração apertado, vontade de não ir pra aula, a remota lembrança de ter que estudar, vontade de gritar, sem voz para gritar, saudade de um monte de gente e um monte de coisas, pensando em cortar mais os cabelos, a resposta que não quero ter, o ano que já deveria estar perto de acabar.

Larissa!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Minha amiga carioca!

"Rio, podem dizer o que quiser mas o xodó do povo é o Rio!"

Não é novidade pra ninguém o meu amor pela cidade maravilhosa. Lá, eu me sinto em casa, acho lindo até as favelinhas. E essa cidade maravilhosa já me deu muitos presentes, e provavelmente, o presente mais precioso foi a Rosy! Minha amiga carioca linda e amada! Nos conhecemos pelo trabalho e de lá foi nascendo uma amizade que só cresce, cresce, cresce e já dura 4 anos. Ontem, foi o aniversário dessa minha amiga e infelizmente eu não estava presente para dar um beijo e um abraço nela, mas de coração eu estava presente comemorando mais uma primavera.

Como eu te disse ontem amiguinha, você é um presente maravilhoso que Deus me deu! Obrigada pelo apoio de todas as horas, por chorar e sorrir comigo, por me hospedar sempre na sua casa de braços abertos, e principalmente obrigada por ser a mãe da Victoria que eu também amo! hahahahaha Enfim, obrigada por fazer parte da minha vida com todo o amor, paciência, respeito....e todas as qualidade preciosas de uma amizade verdadeira!

FELIZ ANIVERSÁRIO com todo meu carinho!

E só pra não perder o costume: Amiga, te amooooo!! Amigas, para sempre!!! hahahahaha

                                                  Niver da Rosy em 2010 no Riooooo!!

Beijo!
Amanda Klein

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Vai entender...

Eu: Acho esse cara lindo.
Jardelly: Acho não, amiga
Eu: Ai, eu acho. Ainda mais que ele sempre faz esse tipo de papel, algo meio mau caráter. Adoro!
Jardelly: Amiga, isso não é normal.
Como diria o Crio: Lari, essa tua opção por homens com “leve” desvio de caráter, não sei onde pode te levar.
E quem é que sabe, né?! Vai entender.
Beijos,
Larissa!

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Apartamentos avaliados em até R$ 374 milhões

Segue reportagem:

"Foi inaugurado nesta quinta-feira em Londres o condomínio residencial mais caro do mundo. Batizado de One Hyde Park, ele é formado por 86 apartamentos cujos preços podem chegar a R$ 374 milhões. O metro quadrado do empreendimento desenvolvido pela Candy & Candy custa, em média, R$ 171 mil.
Um apartamento mais simples do condomínio, com apenas um quarto, foi vendido por R$ 17,5 milhões. O mais caro, de R$ 374 milhões, foi a cobertura, com 2,7 mil metros quadrados de área útil. Os 86 apartamentos estão distribuídos em quatro prédios.


O One Hyde Park está localizado no coração do bairro de Knightsbridge, uma das áreas mais nobres de Londres, nas redondezas de lojas como Harrods e Harvey Nichols e do Hyde Park, um dos mais famosos da cidade.

O empreendimento terá butiques no andar térreo, incluindo uma loja da fabricante de automóveis exclusivos McLaren, que deve expor, inclusive, uma seleção de seus carros de Fórmula 1. Outra loja já confirmada no estabelecimento é da fabricante de relógios Rolex.
Os moradores terão à disposição uma área de lazer que conta com piscina, sauna e um cinema privativo. Eles também terão acesso aos serviços 24 horas do hotel Mandarin Oriental, onde o famoso chef Heston Blumenthal deve abrir seu primeiro restaurante em Londres.
Os moradores do One Hyde Park teriam ainda segurança garantida . O apartamento mais caro conta com janelas à prova de bala e uma "sala do pânico" onde os proprietários podem se esconder em caso de roubo e tentativa de sequestro."


Voltando a realidade...
Larissa, como é que funciona o projeto Minha casa Minha Vida"? hahahahaha

Beijo!

Amanda Klein


Vergonha alheia!

Existe explicação para isso???

video

Inté,

Amanda Klein

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Meu Combustível

Hello, galera jovem! Ontem recebi esse e-mail da Livinha, minha prima querida e amada! Como acho que pode ser útil para alguns, compartilho aqui!

Beijo!

Amanda Klein

31 de janeiro de 2011 – 11:04 View Comments

Se você está com pressa para sair para o trabalho e não sabe em qual posto passar para completar o tanque do seu carro, basta usar o site http://www.meucombustivel.com.br/. Ele fornece dados de todos os postos presentes na região que você quiser, em mais de 500 cidades no país.
O site foi criado por Jeferson da Luz, um administrador que resolveu lançar esse serviço por hobby. E não é que é bem útil? Por lá, é possível saber a localização dos postos e também o preço médio da gasolina, álcool, diesel ou gás natural.
Os valores, porém, podem diferir um pouco do preço no momento, já que a atualização é feita semanalmente e de acordo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e o Google Maps. Porém, já dá pra definir quais postos oferecem melhores preços.
Só vale a pena ficar de olho nos mais baratos. O dono do site avisa que muitos postos que oferecem ofertas muito tentadoras oferecem um combustível “batizado”.